Connect with us

League of Legends

INTZ, paiN e Vivo Keyd vencem e seguem invictos na Superliga ABCDE

Bruna Andrade

Published

on

A terceira rodada da Superliga ABCDE 2018 se encerrou neste domingo (25) com confrontos diretos e muita emoção para os fãs de League of Legends. INTZ e paiN mostraram força e venceram com autoridade os seus adversários.

No sábado (24), a Vivo Keyd também já havia confirmado o favoritismo e embalado mais um triunfo no torneio. Com isso, a equipe se isolou na liderança do grupo A, com nove pontos. INTZ e paiN também venceram todos os seus jogos até aqui e dividem o primeiro lugar do grupo B da competição.

Quem também se destacou na terceira rodada da Superliga ABCDE foi a Team oNe, conquistando a sua primeira vitória, de virada, em jogo emocionante contra a Operation Kino. Na sexta (23), ProGaming e Santos venceram e seguem de perto a Vivo Keyd no grupo A.

As rodadas da primeira fase da Superliga ABCDE acontecem às sextas-feiras, sábados e domingos, com dois jogos por dia. As semifinais estão marcadas para os dias 15 e 16 de dezembro, e a decisão para o dia 23 do mesmo mês, às 13h.

O público pode acompanhar as partidas através dos canais da Superliga ABCDE no YouTube, Facebook, Twitter, Twitch, Cube e Nimo TV.

Sexta-feira (23/11) – ProGaming 2 x 1 CNB e-Sports e Santos 2 x 0 Falkol

O início da terceira rodada da Superliga ABCDE foi marcado por partidas emocionantes do grupo A da competição. ProGaming e CNB e-Sports protagonizaram um duelo tenso. A CNB até venceu o primeiro jogo da série e abriu 1 a 0 no placar, porém não conseguiu segurar a PRG, que acertou a sua estratégia e aproveitou o intervalo para reagir, virar e fechar o confronto com vitória por 2 a 1.

Álvaro “Vert”, Top Laner da ProGaming, analisou a série e apontou alguns detalhes que foram decisivos para a virada: “Foram duelos disputados e bem acirrados. No terceiro jogo, estávamos com uma comunicação muito boa e todo mundo jogou o que era esperado. A gente precisava disso para conseguir a vitória”.

Para Pablo “pbO”, da CNB, a equipe cometeu muitos erros: “Mesmo jogando bem, não soubemos aproveitar as oportunidades que foram surgindo. Tivemos algumas falhas na gameplay e o diferencial foi que a adversária soube jogar em cima destes detalhes”.

No segundo confronto da sexta-feira, o Santos foi embalado pela torcida, que compareceu em peso aos estúdios da BBL, e venceu a Falkol. No primeiro jogo, liderada por Natan “fNb”, a equipe foi consistente e com diversos abates não demorou muito para abrir 1 a 0.

A Falkol começou o segundo jogo resistindo ao ataque adversário, mas não foi párea para o Santos. O time santista estava em dia inspirado, individualmente e coletivamente, e não deu chances para a Falkol. Resultado: 2 a 0 e três pontos na tabela de classificação.

Emerson “BocaJR”, Suporte do Santos, enalteceu o apoio dos torcedores: “Vou dedicar este resultado para a nossa torcida. Na minha opinião, ajudou muito o time hoje. Vimos uma bandeira gigante na arena e, logo no começo, nos deu forças para garantir uma boa atuação. Agora, vamos continuar treinando, da mesma forma que fizemos na última semana”.

Do lado da Falkol, Ednilson “Jukaah”, Coach do time, afirmou que a equipe precisa se organizar melhor: “Faltou agressividade. Precisamos entender nossas funções dentro de jogo. Para o estilo de gameplay que estamos nos propondo a jogar, que é bem agressivo, essa parte é muito delicada”.

Sábado (24/11) – Vivo Keyd 2 x 0 Bulldozer e Team oNe 2 x 1 Operation Kino

No primeiro confronto de sábado (24), a Bulldozer suportou a pressão adversária durante boa parte do primeiro jogo da série, mas a Keyd insistiu. Com abates e diversos buffs, dominaram o fim da partida e abriram 1 a 0 no placar.

Na sequência, Gabriel “tockers” dominou as ações ofensivas e garantiu o triunfo da Vivo Keyd por 2 a 0 na série. O Top Laner do time, Felipe “Yang”, analisou a vitória e elogiou a leitura de jogo dos seus companheiros: “Estávamos jogando de acordo com a estratégia deles e, quando percebemos isso, mudamos a nossa postura. Depois, tudo ficou mais fácil. O desempenho está bom, mas sempre há o que melhorar”.

Willian “Asta”, jogador da Bulldozer, avaliou que, apesar da derrota, o time pôde extrair pontos positivos: “Comparado aos nossos outros jogos, esse foi o melhor. A Keyd é favorita ao título e todos apostavam contra nós. Entretanto, foi um dos jogos mais longos e difíceis que eles tiveram. O rendimento da equipe foi muito bom e isso deve ser destacado”.

A última partida do dia foi marcada pelo equilíbrio. A Operation Kino surpreendeu a Team oNe logo no começo do duelo, quando conseguiu abates decisivos e abriu vantagem. Depois de ativar o Barão, o time confirmou a vitória e marcou 1 a 0. Em seguida, o domínio das ações inverteu de lado e a oNe se aproveitou empatando a série em 1 a 1. Porém, no terceiro e último jogo, a OPK não conseguiu segurar a empolgação adversária e viu os Golden Boys fecharem o duelo, de virada, por 2 a 1.

Franklin “Aoshi”, atleta da Operation Kino, afirmou que a estratégia do time no último jogo da série não funcionou: “O desempenho não foi bom. Não conseguimos lutas favoráveis para nós, o que era o ponto forte daquela composição. Agora, temos que trabalhar e melhorar para o próximo compromisso”.

Já Victor “Steal” exaltou a primeira vitória na Team oNe na Superliga ABCDE: “O resultado foi bom para animar a equipe. Agora, temos que manter o ritmo e seguir tendo boas atuações. Não achamos que a OPK adotaria essa postura, mas depois da derrota no primeiro jogo da série, notamos que poderíamos atuar de uma forma mais agressiva”.

Domingo (25/11) – Redemption 0 x 2 INTZ e IDM Gaming 0 x 2 paiN Gaming

A partida que abriu o último dia da terceira semana da Superliga ABCDE mostrou uma atuação muito segura do INTZ. Os Intrépidos começaram a série diante da Redemption tendo de correr atrás do adversário, porém em pouco tempo tomou o controle dos abates e iniciou o Barão, contando com muitos buffs para fechar o primeiro jogo e abrir 1 a 0.

O intervalo não mudou a atitude do INTZ, que seguiu conseguindo diversos abates sobre o oponente e, com muitos buffs disponíveis, garantiu a vitória por 2 a 0.

Guilherme “Mills”, King of the Match, elogiou a atuação da equipe: “A vitória foi muito importante para nós. Cometemos muitos erros no início dos dois jogos e a Redemption é uma equipe muito boa, mas conseguimos nos superar. Vamos seguir focando nos treinos, porque esse jogo nos deixou mais perto dos playoffs”.

Para o Coach da Redemption, Carlos “cariocaA”, o início da equipe foi positivo, mas a transição entre as jogadas ainda precisa ser trabalhada: “Na série de hoje, o time apresentou um early game muito bom e logo abriu vantagem. Porém, a passagem para o mid game foi falha, erramos algumas calls e isso nos prejudicou bastante”.

No último confronto da rodada, a paiN não tomou conhecimento da IDM. O time de Marcelo “Ayel” mostrou ótima rotação para garantir os buffs e colocar o adversário em uma posição delicada na partida. Com 1 a 0 no placar, a paiN voltou do intervalo com a teamplay aliada, não dando chances para a reação da IDM. Resultado: 2 a 0.

Após a vitória, “Ayel” explicou o bom resultado alcançado pela paiN: “Não foi uma série fácil, mas controlamos bem. No segundo jogo, conseguimos muita vantagem no início, então, forçamos com tudo o que tínhamos. No fim, a situação ficou tão complicada para eles que não havia como voltar atrás”.

Estreante pela IDM, Miguel “Stepz” gostou do seu primeiro jogo com a equipe, mas disse esperar mais de si mesmo nos próximos compromissos: “Hoje, a gente tentou lutar e contestar, mas o problema é que insistimos muito nisso. Acho que fui bem, mas ainda preciso melhorar algumas coisas na gameplay”.

A Superliga ABCDE volta na semana que vem com duelos válidos pela quarta rodada da competição.

Comments

comments

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

League of Legends

Mulheres no poder – Riot Games tem nova gerente de produto

Bruna Andrade

Published

on

Mulheres no poder - Riot Games tem nova gerente de produto

Executiva tem como principal objetivo manter o engajamento da comunidade de League e aprimorar a experiência do jogador brasileiro

A Riot Games, desenvolvedora de um dos jogos de PC mais populares do mundo, League of Legends (LoL), tem uma boa novidade para contar: Priscila Queiroz, Rioter há 5 anos, acaba de ser promovida à gerente de Produto e Publishing, tornando-se a responsável por League no país.

Priscila entrou na Riot em abril de 2014 como Gerente de Comunidade, liderando nos últimos anos uma equipe de 10 pessoas, entre Rioters e terceiros, responsáveis pela construção de comunidades, relações com influenciadores e gerenciamento de mídia social para League of Legends e League Esports.

Destacando-se como líder e profissional dedicada, a primeira promoção veio em 2017, quando assumiu o cargo de gerente sênior de Publishing, administrando o time de Publicações da Riot Games no Brasil, composto pelas equipes de Comunidade, Editorial e Brand, e responsável por definir estratégias de comunicação para o público brasileiro, planejar e executar campanhas de comunicação, e gerenciar o relacionamento com os jogadores.

Com mais de 15 anos de experiência nas indústrias de internet e entretenimento, trabalhou com marketing online e projetos de novas mídias na Globosat, um dos mais importantes programadores de TV a cabo do Brasil; além de atuar por 6 anos no Google, onde trabalhou na equipe de vendas e gerenciou a comunidade de anunciantes do Google AdWords por dois anos.

Priscila chega com a meta de manter o alto engajamento da comunidade de fãs de League of Legends, tornando a experiência do jogador brasileiro personalizada e em sintonia com a cultura local. “O principal foco da Riot no mundo é entregar uma experiência extraordinária para o jogador, e é para isso que nos empenhamos aqui no Brasil”, afirma.

Sobre a Riot Games

A Riot Games foi criada em 2006 por Brandon Beck e Marc Merrill com a intenção de mudar a forma como os games são desenvolvidos para os jogadores. Em 2009, a companhia lançou seu primeiro título, League of Legends, aclamado mundialmente. O game de PC se tornou o mais jogado no mundo e um dos principais impulsionadores do crescimento explosivo dos Esports. Os jogadores são a base da comunidade da Riot e é para eles que a empresa continua a evoluir e a melhorar a experiência em League of Legends. A Riot Games está sediada em Los Angeles, Califórnia, e tem 23 escritórios em todo o mundo.

Comments

comments

Continue Reading

CBLOL

Venda de ingressos para a Fase Eliminatória do CBLoL 2019

admin

Published

on

By

Venda de ingressos para a Fase Eliminatória do CBLoL 2019

Começa no dia 21 de março, próxima quinta-feira, a partir das 13h, a venda de ingressos para a Fase Eliminatória do Campeonato Brasileiro de League of Legends 2019 – Primeira Etapa (CBLoL). Tanto a Semifinal quanto a Final serão realizadas no estúdio da Riot Games, em São Paulo. As entradas estão disponíveis no valor de R$ 80,00 e devem ser adquiridas pelo site Ticket 360.

As partidas da Semifinal serão realizadas nos dias 6 e 7 de abril. Já a grande Final acontece no dia 13 do mesmo mês. O campeão do CBLoL 2019 – Primeira Etapa vai representar o Brasil no Mid-Season Invitational. Considerado o segundo campeonato internacional mais importante de League of Legends, o evento será realizado no Vietnã e em Taiwan, em maio.

Serviço

 

Fase Eliminatória do CBLoL 2019 – Primeira Etapa

 

·         Semifinal: dias 6 e 7 de abril

·         Final: dia 13 de abril

·         Horário: abertura dos portões às 11:30 (semifinal) e 10:30 (final). Início do evento às 13h, na semifinal, e ao meio-dia, na final

·         Local: Estúdio da Riot Games (Rua Othão, 285 – Vila Leopoldina, São Paulo – SP)

·         Ingressos: No site Ticket 360, a partir das 13h de 21 de março de 2019.

·         Preço:

– Arquibancada: R$ 80,00*

*Estudantes e idosos maiores de 60 anos têm direito à meia-entrada, conforme legislação brasileira

Comments

comments

Continue Reading

CBLOL

Alternative dá aula, e se consagra mais uma vez na Bot Lane

Bruna Andrade

Published

on

A Semana 5 começou cheia de surpresas: a INTZ bateu a Redemption com um jogo controlado o que foi surpreendente se olharmos para o primeiro confronto entre as equipes. A CNB venceu a Vivo Keyd em uma partida estranha, como definiu bem o comentarista Tixinha ao vivo na transmissão da Riot Games, e fechando o sábado, KaBuM e Uppercut fizeram um jogão, que me arrisco a dizer que foi o melhor jogo do CBLoL até este momento!

Os Ninjas chegaram a abrir uma vantagem de mais de 10 mil de ouro, mas os Cangurus se mantiveram firmes e garantiram uma virada inacreditável.

Confira: INTZ e-Sports Club 1 x 0 Redemption eSports

>> Destaque: RedBert, Tahm Kench, 3/1/8

A INTZ leu bem a ameaça da rota inferior adversária e começou neutralizando este ponto: Shini ficou com o First Blood sobre o top laner Ceos , tirando uma força importante do early da Redemption. O jogo progrediu bem dominado pelos Intrépidos, que se movimentaram pelo mapa para coletar pequenas vantagens. A Redemption logo se viu sem grandes opções que não fossem uma luta quando Nyu, que jogou de Rumble, estivesse forte, e por isso o time precisou esperar sem se expor muito. A INTZ ainda pecou um pouco no meio da partida e teve um Barão roubado, o que pode preocupar a torcida, já que muitos já não se encontram satisfeitos com o desempenho do Jungler Shini. Foi uma vitória dos Intrépidos, mas será que foi convivente e estável o suficiente?


CNB e-Sports Club 1 x 0 Vivo Keyd

>> Destaque: Hawk, Tahm Kench, 3/2/5

Que partida estranha!” – Tixinha grita essas palavras após a destruição do Nexus da Vivo Keyd. O comentarista transbordou toda sua sinceridade sem rodeios e conseguiu uma descrição praticamente perfeita dessa partida extremamente confusa dos dois times.

  1. O jogo começou melhor para a CNB, que garantiu o First Blood e conseguiu vantagens na rota inferior;
  2. A Vivo Keyd conseguiu travar a partida com abates e controlou as rotações;
  3. Na hora do Barão, os Guerreiros se embananaram – Laba acabou morrendo para o Nashor e os Blumers garantiram o roubo;
  4. A CNB controlou as waves muito mal, se concentrou toda no topo e deixou a defesa fácil para a Keyd: só precisaram de um hard engage para quebrar o ímpeto Blumer;
  5. No próximo Barão, é a vez da VK lutar mal. pbO (Varus) fica livre para bater pela primeira vez e o Ace dá a vitória para a CNB.

Doideira.


KaBuM! e-Sports 0 x 1 Uppercut Esports

>> Destaque: Alternative, Sivir, 13/0/9

O KaBuM teve um early fantástico na parte de cima do mapa. Ranger deu toda a vantagem do mundo para Zantins, que pegou diversas eliminações e ganhou bastante ouro com o Arauto levando barricadas. Mas os Cangurus se fortaleceram pelo bot. Alternative (Sivir) e Damage (Thresh) venciam os duelos contra TitaN (Vel’Koz) e Riyev (Leona). A vantagem ainda era ampla da KaBuM, mas a UP jamais se deu por vencida. Precisavam de um grande lance para virar a partida – e a jogada veio. Ansiosa para finalizar o jogo, a KaBuM se agrupou na base adversária. Isso deu a janela perfeita para que Anyyy (Vladimir) usasse sua ult e Alternative limpasse a fight. Com o Ace, a Uppercut tomou para si o controle do jogo e não largou mais. Voltaram de uma desvantagem de 11 mil de ouro.

Não dá para ficar confortável contra essa equipe. Os Cangurus só precisam de uma brecha.

Agora confiram nossa coletiva com as equipes, e não se esqueçam todo final de semana ao vivo em nossa página do facebook!

Comments

comments

Continue Reading
%d blogueiros gostam disto: