Connect with us

A matilha surpreendeu a todos desde o primeiro dia do CBLoL, e qual foi o motivo dessa surpresa?

A line up do time da Red Canids foi estruturada com jogadores que foram retirados de seus antigos time, Nappon e Robô que saíram da Keyd logo após o botcamp na coreia, Brtt que estava como reserva no time paiN Gaming e Dioud que saiu da equipe logo após  o mundial que a paiN participou,  e temos o Tockers que foi o único que mudou de time por escolha própria, e logicamente que não podemos esquecer do yotitular, o jogador Yoda foi retirado do time titular da CNB e teve após isso uma campanha complicada como jungler, mas voltou a brilhar na rota do mid pela matilha vermelha.

O que se esperar de jogadores que foram de certa forma rejeitados? Essa era uma pergunta que pairava no ar, até a Red Canids simplesmente voar e passear durante toda fase de grupos.

A botlane simplesmente mostrou novamente a sincronia que levou a paiN ao mundial em 2015, ele Brtt que vinha desacreditado após o tempo na reversa colocou novamente para “Rexpeitar” e garantiu sua invencibilidade em finais do CBLoL, seu suporte Dioud mostrou maestria com os mais diversos tipos de campeões e soube fazer seu time e seu ad carry crescer em todos os jogos.

Mas na grande final o duo bot foi diferente, já que apenas em um jogo o Brtt participou, sendo que nos outros dois jogos o Sacyr que mostrou que sim os reservas estão 100% no mesmo nível que os titulares.

Mas de quem mais ouvimos falar nesse Split foi dele o mid laner Tockers, que trouxe todo o conhecimento a época da INTZ para a matilha vermelha, soube liderar, ajudar todos os seus companheiros, e logicamente foi elogiado por todos, até que uma tendinite o atingiu na semifinal, e devido a isso ele foi substituído pelo Yoda.

Yoda o famoso streamer de League of Legends que virou jogador profissional, e que muitos criticavam, chegou à semifinal desacreditado, mas simplesmente brilhou tanto na semi quanto na grande final no primeiro jogo da série.

A grande final

1° jogo

O Nappon pressiona o Revolta e garante a primeira kill, e não para mais, com menos de 10 minutos de jogo o jungler já estava 3/0 e havia garantindo um dragão infernal.

Com apenas vinte minutos a Red Canids já destrói toda a linha t1 da Keyd, e acelera o jogo e garante barão com apenas 24 minutos e o segundo barão aos 35 minutos e partem para base da Keyd Stars e acabam com o jogo.

Destaque da partida: Nappon

2° jogo

O segundo jogo já começo com mudanças no time da Red Canids, sai Brtt e Yoda e entra Sacyr e Tockers.

Luta no top garante a primeira kill para Red, mas com uma ótima rotação a Keyd garante a primeira torre do game.

Mesmo com a vantagem da primeira torre e com dois dragões a Keyd perde as três torres t1 e a primeira t2 com apenas 18 minutos.

Como medida desesperada ao ter o inibidor do bot destruído o time Keyd Stars inicia o barão, mas a matilha encaixa uma ótima luta, mesmo que o Revolta tenha calibrado o smite e garantido o buff, a Red ganha a luta e da um Ace, e assim define a partida indo para a base da Keyd e aniquilando o nexus.

Destaque da partida: Robô

3° Jogo

O terceiro jogo começa com a mesma formação da Red que o segundo jogo com o ad carry Sacyr e o mid laner Tockers.

Em um 2×2 no bot a matilha leva a melhor e o Sacyr garante a primeira kill do terceiro jogo

Com uma boa luta no top a Keyd passa a frente pela primeira vez na serie, mas logo em seguida com um tp do robô a Red Canids e com a precisão de suporte Dioud a Red recupera novamente à frente na partida.

O suporte Dioud cria as jogas com uma precisão absolutamente incrível com seu Thresh, e cada vez a lutas desandam mais para o time da Keyd e que começa a perder suas torres de nexus para os minions.

Aos 37 minutos de jogo a Red Canids garante o barão e parte para a base as Keyd para dar o gg, já que existe apenas uma torre de nexus em pé nessa altura de jogo, fazem a ultima.

Foram mais de 3.000 pessoas no Classic Hall em Recife para acompanhar essa grande final, e para gritar pela Matilha, a torcida da Red Canids estava em peso.

Comments

comments

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CBLOL

O que podemos esperar da final do CBLoL – Primeiro Split de 2019

Leonardo Matheus da Silva Cruz

Published

on

Analise final cblol 2019

A final está decidida e será entre Flamengo eSports contra a INTZ, as duas equipes decidiram neste último fim de semana e foram grandes jogos com grandes destaques, a soberania do Flamengo perante a CNB e a equilibrada série entre INTZ e Redemption.

A série entre Flamengo e CNB foi 3 a 0 sem muitas dificuldades, foram três partidas dominantes com uma boa rotação de mapa por parte do jungler Byeong-Hoon “SHRIMP” e também da bot lane sempre levando muitas barricadas da torre e distribuindo a vantagem de forma rápida, apenas no jogo 2 desta MD5 (melhor de 5 jogos) onde a CNB obteve vantagem no início jogo após um erro do Flamengo na top lane, mas logo reverteu e levou o jogo. O Flamengo vem como franco favorito para final do próximo dia 13 de abril, fica o destaque para a quebra do recorde de partidas sem perder que pertencia a INTZ.

A série entre INTZ e Redemption foi muito equilibrado indo até a última partida da MD5, os intrépidos abriram 2 a 0 na série e RDP foi atrás do empate na série, mas na partida final a INTZ com destaque do top laner Rodrigo “TAY” que foi o diferencial para a equipe se consolidar para a grande final, TAY tem sido um destaque muito consistente e seguro na sua rota, teremos um duelo interessante entre TAY e ROBO.

A final do primeiro split CBLOL 2019 acontece no próximo dia 13 a partir das 12h (horário de Brasília) no estúdio da Riot Games e será transmitido em seus canais oficiais na Twitch e no YouTube.

Comments

comments

Continue Reading

CBLOL

O que esperar da semifinal do CBLoL 2019?

Bruna Andrade

Published

on

O que esperar da semifinal do CBLoL 2019

O primeiro split do CBLOL 2019 está chegando nos momentos finais, nos próximos dia 6 e 7 de abril, no dia 6 teremos Flamengo eSports contra a equipe da CNB, e no dia 7 INTZ contra a Redemption, e vamos analisar cada equipe para essa fase final, lembrando que a final será no dia 13 de abril e todos os jogos serão em formato MD5 (melhor de 5 jogos).

Vamos começar de baixo para cima com a equipe da CNB e-Sports.

A equipe da CNB foi a última a se garantir nas semifinais do CBLOL no critério de desempate, pois ficou  com a mesma pontuação da Uppercut Esports, com 10 vitória e 11 derrotas, CNB começou muito bem nas primeiras semanas, mas caiu de produção nas últimas rodadas ganhando confrontos diretos, porém acabando derrotado pelas equipes de cima, com uma line-up relativamente nova fez alguns grandes jogos com destaque para o já experiente Pablo “PBO” e para o jungle Yan “YAMPI”, a CNB, mesmo com uma equipe jovem, conseguiu uma bela classificação deixando para trás Keyd que acabou indo para série de promoção e a própria Uppercut, com certeza foi uma surpresa para essa semifinal e vai enfrentar a melhor equipe até aqui do CBLOL, o Flamengo.

O terceiro colocado na classificação, Redemption eSports, apresentou grandes jogos durante essa primeira etapa batendo de frente com os grande e convencendo, subiu do circuito desafiante ainda desconfiados, seria a “zebra” deste primeiro split e se mostrou uma equipe consistente e com destaque com o jungler João Vitor “ZUAO” que ficou conhecido por alguns erros incomuns dentro do cenário, se mostrou muito consistente e confiante sendo um grande pilar nessa boa campanha da Redemption, venceu jogos importantes nas primeiras rodadas, oscilou no meio do campeonato, mas no final venceu alguns confrontos diretos e se classificou com um saldo positivo de 12 vitórias e 9 derrotas, foi uma surpresa desse split e tem de tudo para fazer grandes jogos nesta MD5 contra a INTZ.

A segunda colocação ficou com a equipe da INTZ que neste split se recuperou depois de um segundo split duvidoso em 2018, INTZ começou o split com grandes contratações de Ygor “REDBERT” e do Argentino destaque na LLN o Matías “WHITELOTUS”, todos já esperavam um grande split, porém em alguns jogos apresentou uma certa falta de comunicação e jogadas duvidosas, porém o time se encaixou e garantiu grandes vitórias, destaque para o mid Bruno “ENVY” que desde o ano passado vem mostrando grandes jogos, jogadas de efeito e muitas vezes levando o destaque nos jogos, a INTZ se classificou  com um saldo de 13 vitórias e 8 derrotas e é uma das candidatas a final e ao título deste split, irão enfrentar a equipe da Redemption.

Por fim a equipe que vem atropelando todo mundo neste split, o Flamengo eSports, com jogos convincentes e uma equipe muito consistente, com jogadas rápidas e com uma participação efetiva do jungler Byeong-Hoon “SHRIMP” que é um dos grandes destaque da equipe junto com o atirador Felipe “BRTT” que está jogando em alto nível com vários campeões diferentes, e o Flamengo tem também um grande trunfo nos bastidores, o coreano Sang-Hyun “REVEN” mais conhecido nas redes sociais como “FLAnalista”, pois além de suporte reserva, atua como analista da equipe e é o terror das rankeadas no servidor brasileiro e recentemente atingiu o maior PDL mundial, com um conhecimento do jogo altíssimo ajudou o Flamengo a fazer melhor campanha neste split quase invicto com a incrível marca de 20 vitórias e apenas 1 derrota na fase de pontuação, a única derrota foi na semana 4 para a Kabum e-Sports, com toda certeza são os favoritos a conquistar esse primeiro split e se tem uma expectativa muito grande por essa line-up em jogos internacionais, será o Flamengo que conquistará grandes campanhas fora do Brasil? Para isso ainda terá que passar pela equipe da CNB na semifinal e pela final caso passe.

Teremos duas grandes semifinais e com torcida nos estúdios do CBLOL, esperamos grandes jogos e para vocês, quem será os finalistas e o campeão? faça sua torcida e suas apostas, pois o MSI é logo ali!!!!!

Comments

comments

Continue Reading

CBLOL

CBLoL 2019: CNB se classifica para semifinais e ProGaming é rebaixada

Redação

Published

on

CBLoL 2019: CNB se classifica para semifinais e ProGaming é rebaixada

A temporada regular do CBLoL 2019 chegou ao fim. Os melhores times de League of Legends do Brasil disputaram a décima e última rodada neste sábado (23) e domingo (24). O destaque foi para a CNB, última equipe a carimbar passagem para as semifinais do primeiro split. Os Blumers se juntam aos já classificados Flamengo, Redemption e INTZ.

Na parte de baixo, a ProGaming foi rebaixada automaticamente para o Circuito Desafiante. Já a Vivo Keyd terminou em penúltimo e disputará a Série de Promoção com o vice-campeão da segunda divisão. Por fim, KaBuM e Uppercut finalizaram a campanha no meio da tabela e estão garantidos no segundo split. Veja, a seguir, os principais destaques da semana.

League of Legends: cinco coisas que você nunca deve fazer no jogo

CNB é a última equipe classificada para as semifinais — Foto: Divulgação/Riot Games

Semifinais definidas

A CNB precisava apenas de si mesma para se classificar para as semifinais do CBLoL 2019 e não desperdiçou a chance. Os Blumers venceram a ProGaming no sábado (23) com grande atuação coletiva e ótima performance de Gabriel “Hawk” Gomes. O suporte brilhou com o seu Braum e foi eleito o MVP da série com 4 abates, 18 assistências, 88% de participação em eliminações e apenas uma morte. Com o resultado, os playoffs do primeiro split foram definidos. Confira abaixo.

  • 06/04 – Flamengo x CNB;
  • 07/04 – INTZ x Redemption.

Campanha histórica

Com 21 triunfos em 20 partidas disputadas, ou seja, 95% de aproveitamento, o Flamengo é agora o dono da melhor campanha em fase de pontos da história do CBLoL. Desde que foi reformulada em 2015, a elite do League of Legends brasileiro nunca presenciou um time tão consistente. Até o início deste ano, a INTZ era a organização com a maior taxa de vitórias na temporada regular. Os Intrépidos alcançaram 86% de aproveitamento em ambos os splits de 2015.

O Flamengo só conheceu o gosto da derrota em apenas uma ocasião: contra a atual campeã KaBuM na quarta semana do torneio. Desde então, o time de Felipe ”brTT” Gonçalves emplacou uma sequência de 13 jogos invicto. Eleito seis vezes MVP ao longo do split, o caçador sul-coreano Lee “Shrimp” Byeong-hoon foi o melhor jogador do Rubro-Negro e também da competição.

Elenco recheado dos Intrepidos

Dona do elenco mais recheado da elite nesta temporada, a INTZ foi a equipe que utilizou mais peças diferentes na temporada regular (10 atletas). Contra a Uppercut no domingo (24), os Intrépidos chegaram à marca de seis escalações diferentes em dez rodadas disputadas.

Participaram da trajetória até aqui: Rodrigo “Tay” Panisa, Diogo “Shini” Rogê, Bruno “Envy” Farias, Matías “WhiteLotus” Musso, Guilherme “Mills” Uessler, Ygor “RedBert” Freitas, Bruno “Hauz” Felberge, Pedro “Lynx” Quintavalle, Diego “Sephis” de Alencar e Emerson “BocaJR” Alencar.

Classificação

Classificação final da fase de pontos — Foto: Twitch/Riot Games

Veja como terminaram os confrontos da última semana:

23/03 – Sábado

  • INTZ 1×0 KaBuM;
  • Uppercut 1×0 Redemption;
  • CNB 1×0 ProGaming;
  • Flamengo 1×0 Vivo Keyd.

24/03 – Domingo

  • KaBuM 1×0 ProGaming;
  • Redemption 1×0 Vivo Keyd;
  • Flamengo 1×0 CNB;
  • Uppercut 1×0 INTZ.

Comments

comments

Continue Reading

Copyright © 2017 Zox News Theme. Theme by MVP Themes, powered by WordPress.

%d blogueiros gostam disto: