Connect with us

eSports

Immortals e INTZ garantem vitórias simples no encerramento do primeiro turno do Brasileirão Rainbow Six 2019

Bruna Andrade

Published

on

Duas partidas equilibradas, com equipes brigando para se distanciarem da lanterna do campeonato, encerraram o primeiro turno do Brasileirão Rainbow Six 2019. Neste domingo (03), a Immortals conseguiu melhorar a sua situação no torneio ao derrotar a paiN Gaming por 1 a 0. Já o INTZ encontrou dificuldades, mas contou com uma bela reação para vencer a ReD DevilS, também por 1 a 0.

Com o resultado, os Intrépidos passarão a pausa do BR6 confortáveis, pois ultrapassaram a Ninjas in Pyjamas e estão na terceira colocação, com dez pontos. Já a Immortals respirou aliviada com a vitória e garantiu a sexta colocação com cinco pontos, abrindo uma diferença de dois para os últimos colocados, ReD e paiN, respectivamente.

Agora, o Brasileirão faz uma pausa para o Six Invitational 2019, no Canadá, torneio mais importante do cenário competitivo de Rainbow Six. Os fãs poderão acompanhar todas as emoções do Six Invitationalao vivo pelos canais oficiais do Rainbow Six Esports Brasil na Twitch

 e no YouTube

Preparados para o Six Invitational – Immortals 1 x 0 paiN Gaming

No primeiro jogo do dia, a Immortals, escalada com Daniel “Novys1” Coelho, José “BULLET1” Victor, Jaime “cyb3ra” Ramos, Matheus “pX” Freire e Lucca “MKing” Coser, venceu a paiN Gaming, composta por Guilherme “Revol1Tz” Constancio, David “SpwNs” Couto, Gabriel “gabriloSS” Calixto, Gabriel “fk1” de Sousa e Gabriel “gCR” Teixeira.

No mapa Fronteira, escolha da Immortals, a disputa começou equilibrada, com as duas equipes trocando vitórias nos rounds, até chegar em 3 a 3. Após disputa acirrada, os Imortais conseguiram impor o seu jogo para chegar ao map point, em 6 a 4. Mas a paiN não se abateu e correu atrás do resultado, garantindo o empate em 6 a 6.

Já no mapa Consulado, escolha da paiN Gaming, a Immortals garantiu o primeiro round com um ótimo trabalho de Lucca “MKing” Coser jogando com o operador Echo. Mantendo a estratégia, conseguiram impedir que a paiN conseguisse fazer o plant do desativador nos outros três rounds. O time de Gabriel “gCR” Teixeira tentou demonstrar uma reação, mas viu a sua adversária, novamente, anular seus planos. Mantendo o forte jogo coletivo, os Imortais fecharam a partida em 7 a 1.

Maheus “pX” Freire, jogador da Immortals, valorizou o resultado e a atuação no segundo mapa, porém admite que ainda há o que aprimorar: “Eu não considero uma vitória boa, porque a gente pode ser melhor do que jogamos hoje. Pecamos no primeiro mapa, ficando à vontade e deixando eles empatarem. No Consulado, conseguimos aplicar uma estratégia bem melhor, mesmo que a parte defensiva não tenha sido tão boa, pois ganhamos com pouco tempo e inferioridade numérica. Nunca é bom ganhar um round assim. Vamos trabalhar para consertar isso”.

Ele ainda comentou sobre o Six Invitational 2019 e mandou um recado para aos fãs da Immortals e do Rainbow Six brasileiro: “Quero deixar a torcida confiante, porque também estamos. O nosso grupo é difícil, ninguém sabe quem passa. Mas estamos esperançosos e otimistas no nosso trabalho. Vamos dar o melhor para passar de fase, e chegar até em uma final, quem sabe, brasileira. Mas podem ficar tranquilos, pois o Brasil está bem representado lá fora”.

Já Gabriel “fk1” de Souza, da paiN Gaming, falou sobre as falhas cometidas e o que melhorar para que não aconteçam novamente: “Nos dois mapas tivemos erros semelhantes: a execução do plant e a finalização do round. No Consulado, enquanto atacávamos, nós conseguíamos fazer o open kill, e mesmo com superioridade numérica, perdemos algumas rodadas porque faltou justamente iniciar odesativador. Temos que consertar esses últimos segundos, trabalhar mais o desenvolver do round, para não sofrer com isso outra vez”.

Intrépidos alcançam o top 3 – ReD DevilS 0x1 INTZ

Finalizando a noite, a ReD DevilS, formada por Felipe “Abreu” Silva, Gabriel “VelveT” Stédile, Vitor “vittZZZ” Ruiz, Dyjair “mity” Soares, Vinicius “Vnx” Mello, tentou resistir, mas acabou derrotada pelo INTZ, escalado com Lucas “yuuK” Rodrigues, Thiago “bor” Borinelli, João “DRUNKZZ” Giordano, Eduardo “Dudds” Torassi e Vitor “IntacT” Janz.

No mapa Oregon, escolha da ReD DevilS, o INTZ começou demonstrando força e parecia que teria caminho fácil. Com duas belas eliminações de Lucas “yuuK” Rodrigues, abriu 2 a 0. Mas a ReD reagiu e conseguiu igualar o marcador. Com o confronto equilibrado e de alto nível, as equipes foram trocando round a round e fecharam o placar com um empate em 6 a 6.

No mapa Litoral, a ReD DevilS não tomou conhecimento da defesa do INTZ, e com um ataque sólido conseguiu abrir 4 a 0. Mas os Intrépidos não se deram por vencidos e correram atrás do prejuízo. Com o jogo coletivo muito forte e ótimas jogadas de Vitor “IntacT” Janz, viraram a partida: 7 a 5 no mapa e 1 a 0 no jogo.

Destaque da ReD DevilS, Gabriel “VelveT” Stédile, analisou a comunicação interna da equipe durante a disputa: “No primeiro mapa começamos motivados, mas desanimamos um pouco. No segundo, eu falava que podíamos vencê-los, que temos potencial e, com isso, abrimos 4 a 0. Mas por conta de um erro de comunicação, perdemos um round e tudo começou a desandar. Quando tomamos o empate, eu disse que o jogo não tinha acabado. Conseguimos marcar mais um ponto, mas, em seguida acabamos derrotados. Foi um aprendizado, algo para não repetirmos mais”.

Vitor “IntacT” Janz, capitão do INTZ, analisou o trabalho da equipe e a virada no segundo mapa: “De modo geral, acredito que foi um bom desempenho. Não tínhamos como estudar o trabalho deles na Oregon, porque fazia tempo que não jogavam. Já no segundo confronto, foi conforme o planejado. Com os nossos bans, sabíamos que a defesa seria mais complicada. Tínhamos como meta virar 4 a 2, e foi o que aconteceu. Com isso, no ataque, estávamos mais confortáveis e conseguimos somar cinco rounds em sequência e depois só finalizar o resultado.

 

Ele ainda explicou como consegue tantas eliminações com granada, até o início da rodada ele era o líder do quesito, com cinco: “Eu jogo com operador que tenha granada desde a primeira temporada, ou seja, três anos. E com isso conheço todos os mapas por completo. Sempre que vem um novo, eu o estudo e vejo todas as possibilidades. Litoral é o meu mapa favorito, e foi onde consegui mais eliminações com granada contra a ReD. Então foi tudo estudado e esperado”.

Comments

comments

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

eSports

NiP bate FaZe e termina em primeiro lugar na Pro League LATAM

Bruna Andrade

Published

on

NiP bate FaZe e termina em primeiro lugar na Pro League LATAM

Ninjas fecham torneio com chave de ouro em vitória contra vice-líder; MiBR perde para Team oNe e vai disputar a repescagem

Nesta quarta-feira (16), aconteceram os quatro últimos confrontos da região LATAM, que definiram a Ninjas in Pyjamas na liderança e a MiBR como a penúltima colocada, posição que a deixa na zona de repescagem e na luta para permanecer na elite da competição. O público pôde acompanhar todas as emoções das partidas nos canais oficiais do Rainbow Six Esports Brasil no YouTube e na Twitch.

Com 14 rodadas disputadas, a Pro League LATAM terminou da seguinte forma: NiP, com 33 pontos, e FaZe Clan, com 27, serão as duas representantes da região nas finais mundiais, que serão realizadas em Tokoname, no Japão, nos dias 9 e 10 de novembro. Com 26, a line-up da Team oNe bateu na trave e por pouco não conseguiu um lugar na próxima fase, e logo atrás ficou a Team Liquid, com 24. Black Dragons, 18, e INTZ, 13, estão garantidas na próxima edição do torneio. Já MiBR, com 11, e Elevate, com apenas 4, terão de enfrentar as duas melhores equipes da Challenger League para ficarem na elite.

Confira o resumo das partidas desta quarta-feira (16):

BD 7×4 Elevate

O primeiro duelo do dia envolveu duas equipes que já estavam com suas situações praticamente definidas. Contra a Elevate, a Black Dragons buscou a vitória por 7 a 4 no mapa Casa de Campo para garantir a quinta posição da tabela. A adversária já não tinha mais chances de sair da lanterna e agora volta às atenções para a disputa da repescagem.

Para Gleidson “GdNN1”, a BD deverá utilizar os pontos negativos da temporada para voltar mais forte: “As trocas de jogadores dificultaram a sequência do trabalho neste ano, principalmente na questão da comunicação. Além disso, é importante que consigamos variar mais táticas para surpreendermos os oponentes”.

INTZ 4×7 Team Liquid

O INTZ precisava de ao menos um empate contra a Team Liquid para evitar qualquer risco de terminar na zona de repescagem. No mapa Litoral, a equipe até começou bem e abriu 3 a 1 no placar, porém viu a Cavalaria dominar todas as ações a partir do sétimo round e fechar a partida em 7 a 4. Os Intrépidos precisaram aguardar o resultado de Team oNe x MiBR para saber se estavam garantidos na próxima edição da Pro League.

Luccas “Paluh”, da Team Liquid, aproveitou a oportunidade para fazer uma análise sobre o mapa que foi palco do jogo: “Litoral não permite que os jogadores fiquem em uma posição fixa, e isso dificulta para quem está na defesa. É preciso dominar as regiões certas do mapa”.

Team oNe 7×5 MiBR

O mapa Banco é um dos que mais impõe dificuldades para as equipes que estão no ataque. E o MiBR, que poderia se livrar da repescagem com uma vitória na última rodada, deixou escapar rodadas na defesa que foram cruciais para determinar o triunfo da rival Team oNe, por 7 a 5. Dessa forma, os Golden Boys encerram essa temporada de retorno à Pro League em uma honrosa terceira colocação.

Um dos destaques do clube, Luca “Lukid” fez um balanço dessa primeira experiência da line-up na elite do R6: “Nossa trajetória foi muito boa. Começamos mal, mas conseguimos corrigir os erros pouco a pouco para aperfeiçoarmos nossas táticas. Deixamos a desejar no confronto contra a Black Dragons, e ali perdemos a chance de lutar até o fim por uma vaga nas finais mundiais, mas no geral fizemos um bom torneio”.

NiP 7×2 FaZe Clan

O embate que fechou esta edição da Pro League LATAM decidiu também quem terminaria em primeiro lugar na tabela de classificação. E a Ninjas in Pyjamas, que liderou boa parte do campeonato, não deu chances para a FaZe Clan. Com forte jogo coletivo e um desempenho irretocável de Murilo “Muzi”, a NiP conquistou mais três pontos ao vencer por 7 a 2, no mapa Litoral.

Destaque do jogo e da temporada, “Muzi” projetou a participação dos Ninjas nas finais mundiais: “Vamos tentar mudar um pouco a forma de jogar, para dificultar análises dos adversários que estarão na próxima fase, mas o objetivo principal é manter o alto nível que alcançamos nessa temporada da Pro League. Vamos confiantes para os próximos desafios”.

Confira a classificação final da Rainbow Six Pro League LATAM:

cid:image008.jpg@01D58459.EC470210

Cronograma de partidas do segundo turno:

Quarta-feira, 25/9

14h – Black Dragons 7×4 MiBR

15h15 – FaZe Clan 2×7 Team Liquid

16h30 – Team oNe eSports 6×6 INTZ e-Sports

17h45 – Ninjas in Pyjamas 7×3 Elevate

Sexta-feira, 27/9

19h – INTZ e-Sports 2×7 MiBR

20h15 – Team oNe eSports 7×2 Team Liquid

21h30 – FaZe Clan 7×3 Elevate

22h45 – Ninjas in Pyjamas 7×2 Black Dragons

Quarta-feira, 2/10

14h – Black Dragons 7×2 INTZ e-Sports

15h15 – Ninjas in Pyjamas 6×6 MiBR

16h30 – Team oNe eSports 7×4 FaZe Clan

17h45 – Elevate 3×7 Team Liquid

Sexta-feira, 4/10

19h – Team Liquid 7×5 MiBR

20h15 – Team oNe eSports 7×4 Ninjas in Pyjamas

21h30 – Elevate 7×3 INTZ e-Sports

22h45 – Black Dragons 4×7 FaZe Clan

Quarta-feira, 9/10

14h – Black Dragons 1×7 Team Liquid

15h15 – Ninjas in Pyjamas 6×6 INTZ e-Sports

16h30 – Team oNe eSports 7×5 Elevate

17h45 – FaZe Clan 6×6 MiBR

Sexta-feira, 11/10

19h – Team oNe eSports 6×6 Black Dragons

20h15 – Team Liquid 5×7 Ninjas in Pyjamas

21h30 – Elevate 5×7 MiBR

22h45 – FaZe Clan 7×3 INTZ e-Sports

Quarta-feira, 16/10

14h – Black Dragons 7×4 Elevate

15h15 – INTZ e-Sports 4×7 Team Liquid

16h30 – Team oNe eSports 7×5 MiBR

17h45 – Ninjas in Pyjamas 7×2 FaZe Clan

Comments

comments

Continue Reading

eSports

Prepare-se para o GirlGamer Esports Festival

Redação

Published

on

Durante os dias 5 e 6 de outubro de 2019 acontecerá o GirlGamer Esports Festival. A competição será em São Paulo e reunirá equipes consideradas entre as melhores da modalidade no Brasil. Destinado especificamente para as garotas, o torneio ganhou destaque pelas suas outras edições em Sidney, Seoul e Madrid.

O torneio será realizado na BadBoy Leeroy Arena. Até o momento estão confirmados Counter-Strike: Global Offensive e League of Legends como jogos disponíveis para os times. A forma de classificação será por escolha. E o processo de inscrição está aberto diretamente no site oficial do campeonato.

Registro só para maiores de 16

Em https://bookmakers.com.br/esports/ você encontrará as apostas esports que desejar nesse torneio. Mas se você pretende ser um jogador então é bom efetuar seu registro o quanto antes. Lembrando que somente meninas acima de 16 anos podem participar. Ao final dos registros serão apresentados 4 times que participarão do campeonato.

Uma vez que sejam selecionados os times a organização do evento será responsável por prover o voo e a acomodação para as equipes participantes. A organização do torneio será realizada pela Grow Up Esports, uma empresa com 17 anos de experiências no ramo de jogos digitais. E que organiza torneios pelo mundo.

Evento vai para o terceiro ano de sucesso

Em um site de apostas e-sports algumas pessoas podem considerar que já conhecem o GirlGamer de longa data. Isso porque a competição feminina de jogos digitais ocorre desde 2017. Há 2 anos atrás o local escolhido foi Macau. E desde então a organização resolveu repetir a dose nos anos seguintes. Em 2018 foi Portugal quem recebeu esse evento de eSports.

Em 2019 a primeira etapa é em Sidney. A cidade australiana receberá algumas equipes que buscam destaque no mundo dos eSports. Dentre elas estão o Carnage e o FTD.FE. Além disso, Fusion Gaming e Downfall Angels também estão entre os convidados. Além de Counter-Strike:Global Offensive, a organização também planejou campeonato de cosplay e palestras.

A organização do evento se baseia em informações interessantes sobre o mercado de eSports para as mulheres. Por exemplo, houve um aumento de mais de 30% no número de garotas jogando eSports tanto no console quanto no PC. O mesmo valor é obtido quando são analisadas as espectadoras. Já para ligas especificamente a audiência aumentou em 20% ao longo de dois anos. Isso mostra o crescimento desse mercado e o potencial que está por vir.

Comments

comments

Continue Reading

eSports

DREAMHACK MASTERS DALLAS 2019

Amanda Bontempo

Published

on

DREAMHACK MASTERS DALLAS 2019

Esse final de semana tivemos os playoffs da DreamHack Dallas 2019.

Foram classificados seis times da fase de grupos, sendo eles:

Team Liquid
ENCE
Furia
G2
Faze
Vitality

A grande motivação para os torcedores brasileiros foi o desempenho da esquipe da Furia composta por 5 jogadores brasileiros: VINI, arT, yuurih, Ksecerato e ablej. Eles conseguiram bater em times top 10 do mundo na fase de grupos como NRG, Fnatic e ainda arrancaram um mapa da Ence. Já nos playoffs ganharam de 2×0 da Vitality e perdendo somente para a Team Liquid na semi final, ficando em 3/4 lugar juntamente com a Faze.

A final foi disputada neste domingo em uma melhor de três entre Team Liquid e ENCE. Os mapas escolhidos para este confronto foram: Mirage, Overpass e Inferno.

O primeiro mapa a Team Liquid levou por 16×8. O segundo mapa tivemos overtime e fechou em 19×17 para a ENCE. O terceiro mapa e decisivo tivemos um 16×13 consagrando assim a TEAM LIQUID CAMPEÃ em casa! Para eles que tiveram o apoio a torcida o tempo todo e levantar o troféu diante deles foi de estrema satisfação. E nesse campeonato a equipe vencedora além do troféu levou para casa também um anel personalizado da DreamHack Dallas.

A premiação total deste campeonato foi de $250.000 dólares, o vencedor levou $100.000.

Elige, jogador a Team Liquid foi eleito o MVP do torneio.

Comments

comments

Continue Reading
Advertisement

Veja também

Advertisement

Copyright © 2017 Zox News Theme. Theme by MVP Themes, powered by WordPress.

%d blogueiros gostam disto: