Review (Clássicos) – Rule of Rose

a-historia-completa-de-rule-of-rose1

Rule of Rose! o game que virou destaque entre os gamers que curtem games de terror e hoje trago a “analise” completinho do game pra vocês.

História:

O jogador controla a jovem e tímida Jennifer, uma garota de 19 anos, de espirito fraco são aquele tipo de pessoa, que tudo está bem, mesmo que isso a incomode ela não ira lutar a respeito, que vai num ônibus noturno onde há apenas um outro passageiro, um rapazinho que a acorda e lhe pede que lhe conte o que acontece a seguir na história, entregando-lhe um livro velho em branco chamado (A Pequena Princesa). O título do livro é uma alusão a algo que é dito na introdução do jogo sobre uma menina órfã que tinha uma amiga que sempre a acompanhava e que se chamava “princesa das rosas vermelhas”. Antes de Jennifer ter tempo de reagir, o Ônibus para, o rapaz sai e ela persegue-o até chegar a uma mansão abandonada, a qual é na verdade um orfanato, chamado Rose Gardenjenniferhand

Jennifer faz várias descobertas dentro do orfanato, apercebendo-se que este é controlado por um clube de crianças psicopatas chamado Red (Aristocratas do Giz de Cera Vermelho), cuja figura principal é a cruel e manipuladora Diana, que ocupa a posição de duquesa e é também conhecida como (a princesa enérgica).

A líder do grupo é Wendy, a Princesa das Rosas, uma menina de aparência frágil e inocente que se virá a descobrir ter uma ligação muito forte ao passado de Jennifer. Eleonor é a condessa ou princesa fria, sendo de a personagem a mais enigmática, carregando constantemente consigo uma gaiola vazia. Ocupado o último cargo do ranking encontra-se a baronesa Meg, também conhecida como a princesa de aparência sábia, uma menina egocêntrica responsável pelas técnicas de tortura que vimos. Meg se julga quase perfeita mais perfeição para ela é a Diana onde ela escreveu uma carta de amor a Diana, por quem continua a sentir um grande fascínio e atração (Ai tu pensas, caralho Renildo é impressão minha ou a Meg é Lesbica? Sim, ela é e esse foi um dos motivos do game sofre polemica e criticas).

Por fim, ocupando o ranking mais baixo do grupo das “Aristocratas do Giz de Cera Vermelho”, para além da própria Jennifer, encontramos ainda as personagens Como: Amanda, ahhh essa menina meu irmão uma Garota perturbada e com excesso de peso que é alvo de humilhações por parte das outras crianças e Clara, que tem alcunha de princesa assustada, de quem se suspeita um passado de abusos sexuais da parte de Sr. Hoffman, o diretor do orfanato onde aí surgi uma das teorias do game
No orfanato ainda existe mais pessoas, como meninos eles não são constantes ligados, ao clube e alguns adultos como o diretor que já citei e até uma cozinheira do orfanato Martha que é a que mais se preocupa com as crianças nada muito profundo para não ocorrer spoiler!
E temos o companheiro de Jeniffer Brown, o cão que Jennifer salva depois de um evento perturbador num dirigível, onde sob ameaça de morte ela é obrigada a participar no jogo. Brown é um fiel labrador que tem uma importância central na história deste jogo surreal e que não só ajuda Jennifer a localizar itens, como também a distrair os monstros que ela encontra o famoso dog Zica1685

Curiosidades:

Polemica: este jogo causou inúmeras polémicas. Isso deveu-se à abordagem de temas como a crueldade e sadismo infantil, pedofilia, sexualidade infanto-juvenil, sadomasoquismo e violência contra animais. O jogo foi proibido na Inglaterra, inquéritos foram abertos na União Europeia e o Ministério da Educação da Polónia proibiu a sua venda por mostrar crimes contra animais feitos por crianças.
Pontos não esclarecidos em Rule of Rose:
Jennifer sonhadora?
Nada é claramente comprovado com relação a Jennifer estar sonhando ou não, alguns acreditam que ela estaria se vendo como adulta, que ela seja um fantasma ou a versão de que ela esteja sonhando.

Jennifer com Gregory
Após o acidente de dirigível que matou os pais de Jennifer não seria mais apropriado ela ser levada pelas autoridades ao invés de ficar com Gregory, esta parte não foi esclarecida, mas acredito que Jennifer tenha sofrido o acidente e caminhado pela floresta se perdendo e Gregory a salvou quando achou ela.

A localidade
Como a história claramente foi baseada no acidente do dirigível R101 eu assumi que o local seria na Inglaterra e Jennifer embarcou no dirigível saindo de Cardington para a Índia.

O pássaro vermelho
Sobre a história do pássaro fica no ar se o pássaro estava vivo ou não já que estamos em um sonho cheio de memórias profundas do passado de Jennifer, pode ser que o pássaro era vivo e foi assassinado pelas outras meninas do grupo e o boneco de pano representa a censura que Jennifer constantemente faz ao bloqueio de coisas ruins que ela não gostaria de lembrar.

Os misteriosos desaparecimentos de Hoffman, Martha e Clara
Evidências achadas em anotações indicam que estes três personagens sumiram antes do incidente do cão vadio

 

Gameplay:

O jogo é formado por capítulos que vão mês a mês que se referem a acontecimentos passados e a cada nova descoberta surge a continuação da história nas páginas em branco do livro que o rapaz nos entregara no ônibus, no início do jogo. O objetivo de Jennifer, imposto após o encontro no dirigível, é o de conseguir um presente para cada membro do grupo dos “Aristocratas do Giz de Cera”, o que não é tarefa fácil, pois o jogo não é linear como os antigos Resident Evil e Silent Hill: o jogador terá que explorar e interagir de modos diferentes com as personagens e é normal perder-se várias vezes onde você se perde e acaba viajando no enredo então o game, te joga numa história, fantástica, onde Jeniffer tem que encontrar respostas sobre seu passado, e tentar se colocar no lugar assim tentando entender o que é real e o que é paranoia da sua infância perturbada

“Rule of Rose” tem como tema o terror psicológico, com um formato muito similar a “Silent Hill”, e um game play mais investigativo já que os puzzles são o foco do game play o leva e traz de itens como “Resident Evil”, mais relaxa aqui não tem zumbi não a situações é macabra e muita violenta – e não apenas física. O assunto aqui não é sobre ocultismo, mas a perversidade infantil.

twoimps
Os inimigos em game de terror são sempre o alvo aqui são os “imps”, criaturas muito magras que se parecem com bonecos de trapos e que surgem através das histórias que as aristocratas contam sobre o que acontecia a crianças desobedientes. Jeniffer é uma cuzona como já falei então na luta ela não presta, mais não se engane o game tem até chefe qual vocês terão que enfrentar
No game possuímos um inventario para carregar nossos itens, combina alguns deles, e o que achei legal é o visual dele que é como se fosse tudo feito de giz me lembra um pouco a hora do pesadelo, a jogabilidade é digamos ruim, o controle não corresponde como devia e Jeniffer é lenta, fraca, até podemos usar algumas armas como sarrafos e até mesmo um revolver mais é meio bosta então não adianta
Ai que entra o Brown onde podemos usar ele para achar itens, distrair inimigos mais tem que cuidar ele, pode sofrer danos onde enchemos o HP dele com comida, mais isso ficou muito fodaa e lembra muito hunting Ground com o lance de ter um cão guia durante o gameplay.

Parte Técnica:

Gráficos: Os Cg são bem bonitos, com qualidade mais já o game, como ele é de terror e quer preserva isso o clima de suspense, o visual dentro do jogo é apenas bom são satisfatórios, tendo como ponto principal as expressões faciais das personagens, principalmente de Jennifer, como eu disse eu gosto desse visual mais ambientes têm certo nível de detalhes, mas não chegam a ser excepcionais. Na verdade, o filtro de ruído e a escuridão, típico dos games de terror, ajudam a esconder um pouco da simplicidade.

E os cenários são bacanas não chegam a ser foda estilo residente evil 4 mais são legais o problema que o game tem vários loading isso não ajuda também o fato da ação ser interrompida para carregar cada sala e cômodo.
Audio: Tudo isto é acompanhado por uma banda sonora que transmite uma mistura de sensações de aflição e ansiedade, composta por instrumentos de corda, destacando-se a música de abertura “A Suicide Love” feito pelo The Hiroshi Murayama Trio. Já a dublagem é simples nada muito, chamativo assim como os gráficos.

Opnião Final:3435

Rule of Rose, tem suas particularidades como qualquer game tem, apesar de eu amar o game a verdade tem que ser dita, esse game são para amantes de história de terror, pois sua parte técnica é simples e os puzzles são irritantes, então se você não é do gênero vai desprezar o game, já aqueles que curtem história e entender a história vai percebe qual foda e lindo Rule of Rose é.

Comments

comments

Foto de perfil de Renildo Souza
Renildo de Souza (Batman) - Louco por Quadrinhos, Youtuber, Designer, redator e apaixonado por Games

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *