Connect with us

Bloodborne ou digamos “filho espiritual” de Dark Souls, Vêm para completar e dar uma vida nova para From Software. Não de agora que muitos jogadores não chegam nem tocar nos games do grande Hidetaka Miyazaki, pela sua dificuldade e sim, Bloodborne é um deles.

Bloodborne-The-Old-Hunters-Caçador

Bem-vindo ao lar bom caçador!

A noite chega e nisso chegamos como um caçador (qual você escolherá o nome), e logo no início do game o protagonista recebe uma transfusão de sangue onde somos levados para “Yharnam”, uma cidade gótica e em ruínas.

Você é um forasteiro nesse lugar decadente onde tudo parece girar em torno da Igreja da Cura, uma instituição que descobriu a muito tempo atrás um método místico de cura através do sangue. Mas o abuso dessa cura transformou a maioria das pessoas em bestas. Cabe você o “caçador” ir em busca desse tal “Sangue de cura”, e terá que enfrentar a famosa noite de Caçada, onde os Caçadores dizimam as bestas que tomaram conta de Yharnam.

Noite de Caçadas!

A história do game não vai te fazer chorar, mais pode te fazer pensar e muito. A pegado do game é forte, com a inspiração na Era Vitoriana. O game não chega instigar o jogador pois as custsenes são raras e não temos nenhum personagem marcante por assim dizer. Mais o game age de uma forma que vai prender você, pois como um RPG, montamos nosso personagem e isso faz um elo do jogador com o tal “caçador” e faz você se importar e se aprofundar na história do game, com missões, buscas de itens e até mesmo masmorras a serem exploradas.

Nova Mecânica? Não muito, mais boa!

O título “Blood”borne, faz jus ao game, pois praticamente tudo é em base do seu sangue! Sim isso mesmo sangue! Vamos usar o exemplo mais fácil: pegamos dark souls e trocamos as famosas “Souls” e trocamos por sangue. O sangue faz o jogo funcionar, é com ele que você compra itens, faz upgrades em suas armas e em você assim subindo de level. Ele vai desde moeda do game até o próprio item de cura que são os Frascos de sangue.

bloodborne-image13

Montando o personagem:

O game tem um sistema de criação de personagens bem bacana, pois em vez de montar uma classe, escolhemos o background do personagem onde escolhemos: veterano de guerra, passado cruel e assim somo moldados no início pois após isso podemos modificar todos os pontos então você pode começar como guerreiro e termina como um mago numa boa.

Upgrades e experiência:

Ao matar as feras assim chamadas no game, ganhamos ecos de sangue e não pensa que isso é eterno e poderá farmar quanto quiser, não senhor! Se o jogador morrer, os ecos de sangue ficam no local da sua morte; o jogador pode ir buscá-los de novo a esse ponto. No entanto, se o jogador morrer de novo durante o caminho para recuperar os ecos de sangue, eles somem definitivamente. Os ecos de sangue também podem ser capturados por outros oponentes, identificados por olhos de cor roxo.

Após enfrentar um chefe, pode ficar tranquilo pois é só acender a lanterna viajar até o “Sonho do caçador” que funciona como Firelink ou Majula da série Souls, onde podemos ficar seguros, fazer upgrades, comprar itens e até mesmo upar seus levels.

Bloodborne já diz: “A melhor defesa é um bom parry”.

O combate do Game á sim diferente, é muito mais rápido e brutal pois ao lutar com as feras ficamos inteiros sujos de sangue e até mesmo os sons são brutal da carne rasgando! O personagem é bem mais ágil por conta que aqui não existe armaduras e sim roupas (muito estilosas por sinal), até mesmo a estamina regenera mais rápido e não precisando gerenciar ela tão focadamente.

Ao enfrentas nossos inimigos e levar um Dano, a barra de HP não acaba simplesmente e abaixa e deu. O jogo te dá uma chance de recuperar o HP perdido. Onde em um curto período de tempo (a barra de vida fica laranja) para contra-atacar o inimigo. Sendo assim, a quantidade de HP drenada poderá ser recuperada.

Mais a mudanças radical é que aqui o jogo substitui os escudos preciosos por armas de fogo. Onde o game fica bem mais ofensivo já que não podemos defender com elas, mais o principal motivo dela existir é pode ser usada para atordoar os inimigos, seguido por um ataque crítico com a arma corpo-a-corpo do jogador (famoso Parry).

O arsenal aqui não é tão grande quanto da série Souls, mas as opções são muito mais relevantes e criativas, já que cada arma apresenta duas formas de combate.Isso faz das lutas algo ainda mais estratégico e dinâmico, dando novos ares pra uma fórmula que já estava à beira do desgaste.

Gráficos lindos e Sons muito belos!

Bloodborne™_20150419121957

A qualidade gráfica de Bloodborne é indiscutível. Os cenários e ambientação obscura, incrível e bem detalhada. As roupas são bem estilosas com belas capas e cartolas e as armas tem seu brilho próprio. Os inimigos são bem desenhados e os chefes são muito fodas. Onde até as penas e o pelos são bem-feitos. mesmo quando se misturam com o sangue da batalha.

A parte sonora não fica por isso, mesmo com pouco dialogo o game tem uma boa dublagem (mesmo todos tendo voz de radialista). As músicas são fodas, épicas e grandiosas e os efeitos sonoros são como o game, Brutal.

Multyplayer & Conteúdo extra!

O game ainda apresenta um modo multyplayear de até 3 jogadores online, para se aventurar pela fodastica Yharnam. Você também pode contrar mensagem no chão. Isso pode te ajudar ou pode te fazer morrer. Mais nada como sumonar mais 2 amigos para enfrentar um chefe não é mesmo?

O game ainda apresenta uma DLC, lançada um tempo atrás chamada “The Old Hunters”, onde voltamos ao game para enfrentar novos inimigos, chefes e até mesmo caçadores.

Bloodborne

Não só de acertos vive Bloodborne

Bloodborne infelizmente peca em detalhes bobos que atrapalha a experiência. Os loading do jogo são extremamente demorados e acontece a todo momento. Às vezes você está fazendo uma passada rápida por cenários, e isso vai fazer você pegar umas 4 telas de loading bem demoradas.

Durante a jogatina o game apresenta queda de quadros, deixando o jogador meio desesperado com o controle na mão. Mais isso não chega atrapalhar se você jogou Dark Souls em Blightown.

Estranho ao ponto de amar e parecido ao ponto de odiar!

Não tem como negar que a franquia Souls vive forte em Bloodborne. Mais o game consegue se destacar e ter seu próprio nome. Bloodborne é game para poucos e cabe somente você ser capaz e não o game. E você tem coragem?

Comments

comments

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Games

Live Gold: Entenda as Diferenças

Rapha

Published

on

A assinatura da Xbox Live permite a adesão a uma conta Live Gold. Mas quais são as diferenças e as vantagens que a Live Gold oferece? É disso que vamos falar!

Vantagens da Xbox Live Gold

Uma das maiores vantagens da Xbox Live Gold é a possibilidade de jogar com amigos, o que é extremamente interessante para alguns títulos como Halo e Call of Duty. Trata-se da rede multijogos mais avançada, proporcionando máximo desempenho, reduzindo o tempo de retardo e diminuindo as possibilidades de trapaça.

O Xbox Live Gold faz suas atualizações em segundo plano, permitindo que você continue aproveitando o seu jogo favorito.

Acesso a conteúdos inéditos e descontos exclusivos

O Xbox Live Gold abre acesso a conteúdos inéditos, descontos na compra de jogos e até mesmo a filmes e séries da Netflix.

 

Você consegue manter chats de voz e de vídeo com seus amigos, assim pode dividir estratégias de jogo tornando tudo muito mais divertido.

 

Também consegue fazer download de conteúdo gratuito assim que é lançado, enquanto os que usam a conta Silver só tem acesso a esses jogos uma semana após o lançamento.

 

Duas vezes por mês, os assinantes da Xbox Live Gold têm acesso exclusivo e grátis a uma seleção de jogos feita por fãs. Semanalmente, conseguem descontos de 50 a 75% na Microsoft Store para jogos selecionados e complementos.

Como assinar o Xbox Live Gold

As assinaturas da Xbox Live Gold podem ser feitas com cartão de crédito, mas se você não tem nenhum cartão, pode aderir a um cartão pré-pago. Com o cartão Live Gold, você escolhe o valor dos créditos que quer inserir na conta e consegue aproveitar todas as vantagens da assinatura, sem se preocupar com faturas ou cobranças posteriores.

 

O cartão Live Gold também é uma ótima opção de presente para amigos e parentes adeptos dos jogos online.

 

Comments

comments

Continue Reading

Games

Cube TV chega ao Brasil e promete revolucionar o mercado

Bruna Andrade

Published

on

Cube TV chega ao Brasil e promete revolucionar o mercado

Cube TV chega ao Brasil e promete mudar completamente o cenário de eSports!

Mais de 50 streamers de games participaram de um evento especial de lançamento da Cube TV na noite de terça-feira (11) em São Paulo. O evento contou com a presença dos representantes da empresa no Brasil, além dos embaixadores da plataforma.

A Cube TV promete oferecer a maior experiência que uma plataforma de transmissão ao vivo pode entregar ao streamer e ao telespectador. Com sistema de remuneração diferenciado das atuais plataformas, apresentações de tendências de jogos populares, torneios de jogos e atividades como a Corrida ao Diamante, uma atual parceria com o time CNB.

A plataforma foi disponibilizada no Brasil em abril e logo adquiriu muitos parceiros famosos, incluindo BRTT, Tecnosh, HASTAD, YETZ, e Lula do Pub. Pietro Limone, desenvolvedor de marketing da Cube TV no Brasil, apresentou a novidade aos convidados.  E segundo ele, a plataforma tem diversos atrativos que a diferenciam da concorrência, como o melhor aplicativo de transmissão do mundo e um sistema de valorização de streamers, desde os pro players até os iniciantes.

A empresa estudava a entrada no Brasil há alguns anos. De acordo com Marta Cheng, country manager de CUBE TV Brasil, uma captação de U$ 272 milhões pela empresa YY concluída em junho, permitiu que a nova plataforma de streaming expandisse seu mapa de jogos na América Latina. “De acordo com estudos que fizemos, o Brasil tem hoje 60 milhões de pessoas que se interessam por games e já é o 13º maior do mundo nesta indústria. Por isso, vemos ótimas oportunidades. Nosso plano é de longo prazo com o país”, declarou Marta.

A nova plataforma visa criar um ecossistema de eSports sustentável, beneficiando streamers, telespectadores, editores de jogos e jogadores de eSports profissionais. Para James Wang, vice-presidente da BIGO Technology, que controla Cube TV, o lançamento no Brasil visa promover oportunidades para os jogadores na América Latina.

“A ideia por trás disso é criar um ambiente de jogo vibrante, onde oferecemos aos nossos usuários a oportunidade de interagir e se colocar na arena dos jogos. Além disso, permite que eles ampliem seu círculo de amigos onde poderão compartilhar seus interesses. A longo prazo, esperamos promover oportunidades para os jogadores no Brasil interagirem e se colocarem em um ambiente social divertido e saudável e até mesmo construírem uma carreira profissional em jogos”, declarou Wang.

E a Cube TV já chega com diversas ativações para atrair novos usuários.  O #JoinCubeTV é um convite oficial que permite que todos os usuários resgatem cartões Steam ilimitados. Além disso, também incentiva os novos usuários a se tornarem streamers. Quando o convidado for transmitido pela Cube TV, a pessoa que o convidar também será recompensada com um valor em dinheiro de 10% do salário de transmissão. “Para agradecer a todos os nossos usuários, especialmente aqueles que optarem por permanecer na nossa plataforma e continuamente produzir conteúdo atraente para seus fãs, criamos o #JoinCubeTV. Com ela, todos os jogadores do Brasil podem compartilhar sua alegria e diversão em nossa plataforma ” disse Limone.

Outra novidade foi apresentada no evento por Carlos Fonseca, um dos sócios da CNB. Ele apresentou um projeto em parceria com a Cube TV chamado Corrida ao Diamante, que vai dar 6.300.000 Beans, moeda oficial da plataforma, que equivalem a mais de R$ 100 mil reais. A ideia é criar uma conta nova no LoL e “rushar” até o elo diamante. Também é necessário streamar, no mínimo, 30 horas da jornada. Os 160 primeiros serão dividos em 32 equipes que disputarão um campeonato. O projeto tem como foco a incubação de mais jogadores profissionais de eSports no país, contribuindo para o cenário brasileiro. “Estamos muito ansiosos para fortalecer a parceria com amigos confiáveis ​​como a Cube TV”, comemorou.

De acordo com a Cube TV, os telespectadores também se beneficiam com o uso da plataforma, pois o serviço oferece uma infinidade de incentivos, desde brindes, sistema de resgate de pontos, shopping online, milhares de vídeos para assistir e muito mais.

Para deixar a noite ainda mais recheada de emoções, Tecnosh, Axt, Hastad e Petar Neto juntaram-se a Pam, Lula do Pub, YeTz e Det para uma showmatch de PUBG. Depois disso foi a vez de League of Legends tomar o palco para uma partida de exibição que mostrou a CNB derrotar a IDM Gaming diante do público que acompanhou tudo da plateia.

Comments

comments

Continue Reading

Games

O que preciso para rodar Assassin’s Creed Odyssey no meu PC?

Published

on

O que preciso para rodar Assassin’s Creed Odyssey no meu PC

A empresa Ubisoft revelou recentemente os requisitos para jogar Assassin’s Creed Odyssey em seu PC, e esse estava sendo uma das maiores dúvidas entre os fãs, desde que o lançamento foi anunciado.

Mas para a tristeza dos computadores mais fracos segundo a desenvolvedora, o jogo necessita de pelo menos 8GB de memória RAM, mas se pretende jogar em 4K, você vai precisar ter pelo menos 16GB de RAM em seu computador.

Confira agora os requisitos para jogar Assassin’s Creed Odyssey:

Requisitos Mínimos

  • Sistema Operacional: Windows 7 SP1, Windows 8.1, Windows 10 (64-bit)
  • Processador: AMD FX 6300 3.8 GHz ou Intel Core i5 2400 3.1 GHz ou Ryzen 3 – 1200
  • Placa Gráfica: AMD Radeon R9 285 (2GB VRAM com Shader Model 5.0) ou NVIDIA GeForce GTX 660
  • Memória RAM: 8GB RAM
  • Armazenamento: 46GB de HDD livres
  • DirectX: DirectX June 2010 Redistributable
  • Som: Placa compatível com DirectX 9.0c

Requisitos recomendados

  • Sistema Operacional: Windows 7 SP1, Windows 8.1, Windows 10 (64-bit)
  • Processador: AMD FX-8350 4.0 GHz ou Intel Core i7-3770 3.5 GHz ou Ryzen 5 – 1400
  • Placa Gráfica: AMD Radeon R9 290X (4GB VRAM ou superior com Shader Model 5.0) ou melhor ou NVIDIA GeForce GTX 970 (4GB)
  • Memória RAM: 8GB RAM
  • Armazenamento: 46GB de HDD livres
  • DirectX: DirectX June 2010 Redistributable
  • Som: Placa compatível com DirectX 9.0c

Requisitos recomendados para jogar em 4K

  • Sistema Operacional: Windows 10 (64-bit)
  • Processador: AMD Ryzen 1700X 3.8 GHz ou Intel Core i7 7700 4.2 GHz
  • Placa Gráfica: AMD Vega 64, NVIDIA GeForce GTX 1080 (8GB VRAM with Shader Model 5.0)
  • Memória: 16GB RAM
  • Armazenamento: 46GB de HDD livres
  • DirectX: DirectX June 2010 Redistributable
  • Som: Placa compatível com DirectX 9.0c

Assassin’s Creed Odyssey será lançado em 5 de outubro para PC, PlayStation 4 e Xbox One, fique ligado aqui no Gaming News e não perca nenhuma novidade sobre esse lançamento!

Comments

comments

Continue Reading
%d blogueiros gostam disto: